No TST: "TST afasta prazo em dias úteis em recurso contra decisão anterior à Reforma Trabalhista"

A decisão objeto do recurso foi publicada um dia antes da vigência da nova lei.


A Subseção 1 Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho negou provimento a recurso considerado intempestivo (fora do prazo) porque o empregado que o interpôs fez a contagem do prazo de interposição em dias úteis, e não em dias corridos. Embora a Reforma Trabalhista (Lei 13.467/2017) tenha alterado a contagem do prazo, a decisão objeto do recurso havia sido publicada em 10/11/2017, e as alterações só entraram em vigor no dia seguinte, 11/11/2017.

Leia na íntegra.

As notícias e artigos reproduzidos neste Portal são, tanto no conteúdo quanto na forma, de inteira responsabilidade de seus autores.

Fonte: TST